Elias Xavier de ALMEIDA
Mariana Joaquina ROSA
Hipólito José Xavier de ALMEIDA
(1784-1867)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
1. Eufémia FERREIRA

Hipólito José Xavier de ALMEIDA 1

  • Nascimento: 9 Jul 1784, Santa Iria da Azóia, , Lisboa, Portugal 1
  • Baptizado: 26 Jul 1784, Santa Iria da Azóia, , Lisboa, Portugal
  • Casamento (1): Eufémia FERREIRA a 10 Set 1810 1
  • Óbito: 1 Ago 1867, Nossa Senhora das Dores, Sal, Cabo Verde com 83 anos de idade 1
  • Sepult.: Ago 1867, Nossa Senhora das Dores, Sal, Cabo Verde 1
imagem

Símbolo  Notas sobre o nascimento:

O local e a data de nascimento foram corrigidos graças ao contributo de Magda Vieira-Ribeiro enviado por correio eletrónico em 20/01/2022

imagem

Símbolo  Eventos de relevo na sua vida:

• Trabalhou como médico. Cirurgião

• Nota biográfica:,. Médico, foi também comerciante e proprietário, estava estabelecido na ilha da Boa Vista desde os inícios do séc. XIX. Em 02 de Janeiro de 1843 foi nomeado delegado de saúde do concelho da ilha da Boa Vista. A 07 de Junho de 1843 instalou-se, solenemente, na vila de Sal-Rei, a Comissão Mista Luso-Britânica para a abolição do tráfico de escravatura sediada na Boa Vista, comissão essa criada pelo Tratado Luso-Britânico de 3 de Julho de 1842 e foi nomeado pela parte portuguesa árbitro desta comissão sendo o árbitro da parte inglesa Charles Pettingal Esquire. Foi assim um dos seus dois primeiros árbitros. Nos princípios do mês de Setembro de 1845 encontrava-se na ilha do Sal quando foi chamado para regressar à pressa à Boa Vista para observar os doentes do navio inglês Eclair, o que se verificou pouco depois ser febre-amarela. Começou então uma epidemia que fustigou duramente a ilha originando um pânico que levou muitas pessoas, altas autoridades inclusive o governador, a fugirem para as outras ilhas. Em 1849 er a juiz comissário pela parte portuguesa da Comissão Mista Luso-Britânica para a abolição do tráfico de escravatura. Em 1854 era cirurgião de 2ª classe do Quadro de Saúde, em serviço na ilha da Boa Vista e embora já tivesse 70 anos foi destacado no mês de Agosto para a ilha do Sal. Dois anos mais tarde, durante a epidemia de cólera-morbus que assolou o arquipélago em 1856/57 provocando uma grande mortandade, ele organizou na ilha da Boa Vista um pequeno hospital para os doentes mais perigosos. "Pelo Decreto de 27/6/1863, enviado pela Port. Régia nº 110, de 3/7/1863, ao gov.-geral da Prov. de Cabo Verde foi […] reformado em facultativo de 1ª classe". Possuía uma propriedade, perto da vila de Sal-Rei, na ribeira da Boa Esperança, que tinha a melhor água para abastecer a vila

• Nota biográfica:,. 1 árbitro da comissão luso-britânica para a completa abolição do tráfico escravocrata (mas era dos principais proprietários de escravos da ilha da Boavista)

• Categoria / função laboral: a 2 Jan 1843 era Delegado de Saude (a data é a de sua nomeação), em Boavista, Cabo Verde. 2 Vencia 120 Reis mensais.



• Atividade cívica e social: de solidariedade a Santo Antão. Membro de comissão, a 20 Dez 1845, em Boavista, Cabo Verde. 3
S. Antão foi vítima de chuvas copiosas e devastadoras a 7 e 8 de outubro de 1845, causando danos avultuosos.

NB: todos os assinalados com um ponto vermelho no recorte ao lado, possuem página própria neste site genealógico.



• Atividade administrativa: Comissão preparadora dos produtos para a História Natural, nomeada, em 1850, em Cabo Verde.
Presidente por Boavista (ver figura ao lado, composta por recortes da circular n 67, publicada no nº 20 do Boletim Oficial do Governo Geral de Cabo Verde em 18 de maio de 1850)

NB: No recorte junto, todos os assinalados figuram em páginas próprias neste site genealógico.



• Haveres, bens e propriedades: 1856, em Boavista, Cabo Verde. Consta da "Relação dos senhores proprietários de escravos de 1856" - Boavista, Cabo Verde, que possuía 14 escravos.

Ver figura ao lado, extraída do livro "Cabo Verde - formação e extinção de uma sociedade escravocrata" de António Carreira publicado pelo Centro de Estudos da Guiné Portuguesa em 1972, para constatar o que foi a escravatura em Cabo Verde entre 1460 e 1878.


imagem

Hipólito casou com Eufémia FERREIRA, filha de Aniceto António Ferreira Alvares MENDES ® e Filipa Inês da Graça e SILVA, a 10 Set 1810.1 (Eufémia FERREIRA nasceu a 3 Set 1792 em Sal Rei, Boavista, Cape Verde,1 faleceu a 8 Dez 1876 em Nossa Senhora das Dores, Sal, Cabo Verde 1 e foi sepultada em Dez 1876 em Nossa Senhora das Dores, Sal, Cabo Verde 1.)


imagem

Fontes


1 Jorge FORJAZ, Genealogia das ilhas do Fogo e Brava e de Bisssau - Subsídios, 2 volumes (Ponta Delgada, Açores, Portugal: Letras LAVAdas, 2019), vol. 1: pg. 323.

2 Portugal, "Lista Geral dos Oficiais e Empregados da Marinha e Ultramar - Novembro 1850," pg. 101.

3 Boletim Oficial de Cabo Verde, BO nº118 do Governo Geral de Cabo Verde. Data cit.: 20 Dez 1845.

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta de um contacto (ou algumas vezes por descuido), não me foi possível pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e/ou fotos neste site. A estas pessoas apresento desde já desculpas pelos eventuais constrangimentos causados por este procedimento, que não foi por indelicadeza, mas sim e apenas com intuito académico. Assim, aos que não desejariam conceder tal autorização, peço o favor de me contactarem com instruções a respeito (endereço electrónico incluso nesta página).

2) Este site tem também o propósito de recolher dados e correcções que permitirão aperfeiçoar o trabalho de pesquisa, pois certamente há de conter imprecisões. Assim, contamos consigo, e se quiser comentar ou solicitar o retiro, acrescento ou a troca de dados, documentos ou fotografias, sinta-se livre para me contactar (e-mail a seguir). Em muitas páginas não se encontram listados todos os filhos da pessoa apresentada. Nada impede de virem a ser paulatinamente acrescentados à medida que informações fidedignas nos forem fornecidas.

3) Em genealogia, os apelidos (sobrenomes) provenientes dos maridos das senhoras casadas, são omitidos nos nomes delas. Uma das razões: não criar dificuldades nas pesquisas em registos de nascimento.

4) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes diretos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar a partir de um nome em linha ascendente e encontrar um nome com (*), saberá que este é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu.

5) Fotografias originais degradadas e/ou não a cores, vão sendo, após tratamento com ajuda de programas baseados em Inteligência Artificial, paulatinamente substituídas por versões com maior nitidez, tornadas coloridas e restauradas.

6) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho, uma caricatura ou uma escultura de seu portador

7) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar informações, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@gmail.com.

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 16 Jun 2024 com Legacy 9.0 de Millennia