seta seta seta seta
Roberto I de BORGONHA, [26m]* ®
(1008-1076)
Hélia de SEMUR, [26m]*
(1016-1055)
Berenguer Ramon de BARCELONA, [26m]*
(0995-1035)
Gisela de LIUCÁ, [26m]*
(1012-1079)
Hugo de BORGONHA, [25m]*
(1034-1074)
Sibila de BARCELONA, [25m]*
(1035-1074)

Henrique de BORGONHA, [24m]* ®
(1069-1112)

 

Relações da família

Cônjuges/Filhos:
Teresa de LEÃO, [24m]* ®

Henrique de BORGONHA, [24m]* ®

  • Nasceu a: 1069, Dijon, , Bourgogne, France
  • Casamento: Teresa de LEÃO, [24m]* ® em 1093
  • Faleceu: 1 Nov 1112, Astroga, Astorga, , Castilla y León, Spain com 43 anos de idade
imagem

Símbolo  Notas gerais:

De Borgonha vem em 1092 D. Raimundo, filho segundo de Guilherme I , conde de Borgonha. A ele é atribuído o governo de toda a Galiza, cujo poder se encontrava vago pela morte recente do rei Garcia. Casou com a filha legítima de Afonso VI, D. Urraca. Mais tarde, e talvez atraído pelo sucesso do seu primo, vem para a península D. Henrique de Borgonha, da família ducal. Afonso VI casa-o com a sua filha ilegítima D. Teresa e atribui-lhe o governo do condado Portucalense, incluíndo a zona de Emínio (Coimbra).

Pai de D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal. Quarto filho de Henrique de Borgonha, bisneto de Roberto I de França, sobrinho da rainha Constança de Leão, sobrinho-neto de Santo Hugo, abade de Cluny e irmão dos duques Hugo e Eudes. Escolhe a carreira militar que segue na Península Ibérica ao serviço de Afonso VI de Leão. É cruzado, combatendo os Mouros no Sul da Península. Graças ao prestígio que granjeia e quando Afonso VI se sente ameaçado na fronteira ocidental do reino pelos Almorávidas, seita político-religiosa oriunda do rio Níger, na África Ocidental, o rei leonês, porque o considera um chefe militar experimentado, concede-lhe a mão da sua filha ilegítima Teresa (a mãe desta era Ximena Nunes) e entrega-lhe o governo dos antigos condados de Portucale e Coimbra, até aí unidos à Galiza e administrados pelo seu primo Raimundo. D. Henrique procura as simpatias da nobreza, concedendo importantes imunidades às famílias mais poderosas, escolhendo-as como componentes da sua corte em Guimarães; controla os núcleos urbanos e mercantis; fortalece e desenvolve as comunidades rurais, servindo-se da cavalaria vilã e do povoamento dessas zonas para deter o avanço dos islâmicos; desenvolve uma política eclesiástica que contribui para a criação de uma verdadeira comunidade, irmanada nos mesmos interesses; consegue mesmo reforçar o poder do bispo de Braga em prejuízo do de Santiago de Compostela, obtendo o estatuto de sé metropolitana para a igreja bracarense, acompanhando mesmo, entre 1101 e 1103, o arcebispo S. Geraldo a Roma para defender os interesses de Braga. Nas disputas pela sucessão de D. Afonso VI tira vantagem das lutas entre os vários partidos, ora aliando-se a uns ora a outros, tirando sempre vantagens territoriais e materiais, procurando sempre, com a sua política, a autonomia do seu condado, e acabando por se intitular ; ou seja, intitulou-se conde e senhor de todo o Portugal. Os últimos anos da sua vida são passados a combater os Mouros (nomeadamente em Sintra) e a intervir na sucessão do seu sogro. Pouco depois de fazer a paz com D. Urraca em Astorga (que, entretanto, faz aclamar o seu filho, juntamente com ela, como rei Afonso VII, herdeiro do avô), acaba por morrer


imagem

Henrique casou com Teresa de LEÃO, [24m]* ®, filha de Afonso VI de LEÃO, [25m]* ® e Ximena MUÑOZ, [25m]*, em 1093. (Teresa de LEÃO, [24m]* ® nasceu em 1083 e faleceu a 11 Nov 1130 em Povoa do Lanhoso.)


imagem

Esclarecimentos do administrador deste site genealógico:

1) Por falta dum contacto, muitas vezes não pude pedir às pessoas a devida autorização para divulgar seus dados e fotos neste site. Assim, peço aos que não desejem conceder tal autorização, o favor de me contactarem com instruções a respeito, pelo endereço electrónico incluso nesta página.

2) A todos os que quiserem colaborar na construção desta árvore, convido igualmente a enviar contributos, ficheiros e fotos para:

Emailjorsoubrito@hotmail.com

3) Os nomes seguidos de um asterisco (*) são os dos ascendentes directos de Jorge Sousa Brito. Assim, ao navegar em linha ascendente a partir de um nome e encontrar um com (*), saberá que esse é dum antepassado comum de JSB e do portador do nome donde partiu

4) Nomes seguidos de um ® estão retratados por uma fotografia, uma pintura, um desenho ou uma escultura de seu portador

Pode procurar outros eventuais nomes nesta árvore utilizando a "box" a seguir:




Sumário | Apelidos | Lista de nomes

Esta página Web foi criada a 18 Out 2014 com Legacy 8.0 de Millennia